Depoimentos de estudantes

O ensino é bastante orientado para a prática. Os grupos são pequenos e os professores têm tempo para responder às nossas perguntas.

Martin Belporo da República dos Camarões

Estudante do curso superior de tecnologias em informática

“Cheguei da República dos Camarões para estudar computação no Cégep Beauce-Appalaches no inverno de 2015. Ao optar por um CEGEP regional, obtive uma isenção que faz com que eu tenha que pagar são as mesmas que os estudantes quebequenses.

A vida na residência de estudantes me possibilitou fazer amigos rapidamente. Faço parte do time de futebol  dos Condors e sou técnico de palco para shows socioculturais. Também gosto de assistir os jogos de futebol e voleibol dos outros times dos Condors.

O ensino é bastante orientado para a prática. Os grupos são pequenos e os professores têm tempo para responder às nossas perguntas. O relacionamento com eles é bastante cordial. Eles estão disponíveis. Às vezes, podemos discutir sobre algum problema durante um encontro casual em um corredor.

A minha estada em Beauce possibilitou-me descobrir uma nova cultura, sem ter que viver o choque da língua. E acho algumas expressões dos habitantes da Beauce bastante engraçadas…

Aqui, temos a oportunidade de ter uma experiência de vida marcante que ficará para sempre gravada em nossas memórias!

Marie Ravelet a da ilha de Reunião

Estudante de Contabilidade e Gestão

“Escolhi o Cégep de La Pocatière por sua reputação e escola-empresa em contabilidade e gestão. Foi uma surpresa para mim ter adquirido toda uma vivência, ter encontrado professores interessados no meu sucesso e preocupados com meu bem-estar!

Em termos pessoais, descobri as belas paisagens canadenses, os amplos espaços ao ar livre, a possibilidade de viajar nas Américas, já que tudo está ao meu alcance. Alguns meses após minha chegada, passei meu primeiro Natal no branco e com neve! Uma experiência mágica! Aqui, temos a oportunidade de ter uma experiência de vida marcante que ficará para sempre gravada em nossas memórias!

Para todos aqueles que desejam viver esta aventura, não se trancem no inverno e aproveitem as muitas atividades que o Québec oferece!

As atividades de integração oferecidas pelo CEGEP e a bondade das pessoas me possibilitaram fazer muitos amigos e me integrar com facilidade.

Abdallah Anthoumani da Ilha da Reunião

Estudante do curso superior de tecnologias em planejamento e urbanismo

“Sou da Ilha da Reunião e cheguei no Québec em 2013 para estudar técnicas de manejo e urbanismo no Cégep de Jonquière.

Como nunca havia saído antes da Ilha da Reunião, fiquei encantada com os amplos espaços ao ar livre da região do Saguenay. Ao chegar, tudo era novo e não tinha pontos de referência, mas as atividades de integração oferecidas pelo CEGEP e a bondade das pessoas me possibilitaram fazer muitos amigos e me integrar com facilidade. Meu novo ambiente me faz pensar em uma grande família com meus amigos e professores.

Depois de ter concluído meus estudos, quero ficar no Québec para estudar numa universidade ou trabalhar. Ficarei eternamente encantado com a minha experiência no Québec. Esta é realmente uma ótima aventura!”

 

Susana Serrano do México

Formada no curso superior de tecnologias do turismo

Depois de se formar em Técnicas de Turismo do Cégep de Saint-Félicien em 2014, Susanna Serrano enfrentou muitos desafios longe de sua família e numa língua estrangeira. Durante seus estudos ela descobriu que tudo era possível!

 “Eu amei o inverno!”

“O fato de ter vivenciado esta experiência no Québec foi  determinante para mim.”

O sistema escolar é ótimo. O estudante é valorizado. Estou bem aqui.

Olivia Carpin da Ilha da Reunião

Estudante de Educação Infantil

“Meu nome é Olivia Carpin. Sou estudante do primeiro ano do curso de educação infantil no Cégep de la Gaspésie et des Îles. A cidade de Gaspé se assemelha à ilha de Reunião por causa do mar e da floresta. Embora eu tenha chegado recentemente por aqui, eu me adaptei bastante rápido. As pessoas são muito abertas. Aqui todos se conhecem e se interessam por você.

O CEGEP fica no centro da cidade. Encontramos tudo o nas mediações, tanto bens de consumo como atividades de lazer. Gosto principalmente do fato de termos acesso a atividades esportivas bem ao lado da residência de estudantes . O centro intercultural, local de intercâmbio entre estudantes de diferentes origens, também é um lugar onde é fácil encontrar e criar novos laços com os estudantes.”

 

Não tive dificuldades de adaptação, porque estabeleci fortes laços de amizade com outros estudantes.

Rawane Thioye Ndiaye do Senegal

Estudante do curso superior de tecnologias em mecânica da construção civil

“Depois de ter terminado minha graduação em Ciências Experimentais (série S2) no Senegal, meus pais decidiram me enviar para o Canadá para dar continuidade aos meus estudos, porque este país é um dos países que oferecem praticamente a melhor formação no mundo . Então eu escolhi fazer o curso superior de tecnologias em mecânica de construção civil que tem um conteúdo programático realmente interessante.

Estar imerso numa cultura completamente diferente da nossa, aceitar um novo modo de vida, novas maneiras de fazer e muitas vezes opostas ao que estamos acostumados a ver, é uma experiência muito rica, o que torna possível evoluir, questionar-se e ficar mais aberto aos outros.

O Cégep de Trois-Rivières criou um comitê de boas-vindas assim que chegamos. O que eu notei particularmente neste país é boa receptividade dos canadenses. Não tive dificuldades de adaptação, porque estabeleci fortes laços de amizade com outros estudantes. Além disso, os estudos no Canadá são uma experiência que me beneficia pessoal e profissionalmente. Além do mais, tive a oportunidade de visitar algumas cidades como Montreal, Québec, Sherbrooke, Edmonton. Em suma, para avaliar minha experiência, eu poderia dizer que este período pelo qual estou passando é uma das melhores oportunidades que já tive.”

 

O encontro com novas pessoas, a mente aberta, a autoconfiança, o conhecimento de cultura alheia são apenas exemplos dessa grande experiência enriquecedora.

Julien Pellat da França

Estudante do curso superior de tecnologias em informática

“Conheci minha namorada na França, minha terra natal. Ela morava na região de Valleyfield e logo eu quis conhecer sua terra. Já sou formado em contabilidade, queria ampliar meus horizontes para área da computação. Ouvi dizer que o Collège de Valleyfield era um CEGEP muito bom, então corri para o curso superior de tecnologias em informática!

Fui muito bem recebido e senti que a instituição já estava aberta para estudantes de todas as origens. Eu me senti imediatamente em casa.

Além dos meus estudos, também tive a oportunidade de aperfeiçoar meu conhecimento com estágios na empresa. O encontro com novas pessoas, a mente aberta, a autoconfiança, o conhecimento de cultura alheia são apenas exemplos dessa grande experiência enriquecedora.

Após o término dos meus estudos, gostaria de ficar no Québec, porque é aqui que estou ao lado daquela que mudou minha vida!”

Copyright © 2017 Fédération des cégeps. All rights reserved.
Este site é uma realização da Spiria
 
Please, make a choice
 
De onde você vem?
Guadalupe
Ilha da Reunião
França metropolitana
Outro país